Menu

Categorias

ZÉ FORTUNA E PITANGUEIRA

01 NOV 2016
01 de Novembro de 2016
Os irmãos José Fortuna, nasceu em Itápolis, no interior do estado de São Paulo, em 02 de outubro de 1923, e Euclides Fortuna, nasceu em Itápolis, no estado de São Paulo em 1928, conhecidos como Zé Fortuna e Pitangueira.
Zé Fortuna foi cantor, poeta, letrista, autor e ator teatral. É autor de 42 peças teatrais (foi inclusive sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Autores Teatrais - SBAT), de 10 folhetos de Literatura de Cordel, além de cerca de mais ou menos 2500 letras de músicas, sendo 900 inéditas. Compôs sua primeira música no dia 26 de setembro de 1942, mas desde cedo, ainda criança, em suas andanças com o pai pela lavoura, já escrevia versos com pedaços de madeira, no chão de terra por onde caminhava. Sua primeira música gravada foi a “Moda das Flores”, no dia 04 de abril de 1944, por Tôrres e Florêncio, e desde então nunca mais parou.
Em 1947, José Fortuna e Euclides Fortuna, criaram a dupla Zé Fortuna e Pitangueira. No mesmo período, mudaram-se para São Paulo onde conheceram o acordeonista Juventus Merenda. Os três formaram então um trio no qual Merenda ficou pouco tempo. Em 1948, conheceram o acordeonista Coqueirinho, formando com ele o trio "Os Maracanãs". Apresentaram-se no mesmo ano na Rádio Record de São Paulo.
Em 1953, a acordeonista Rosinha substituiu Coqueirinho, e Os Maracanãs passou a atuar com sucesso no programa "Terra, Sempre Terra", na Rádio Piratininga em São Paulo. Em 1958, passaram a atuar na Rádio Bandeirantes, e em 1962, foram para a Rádio Tupi. Em fins dos anos 50, passou a fazer parte do trio o acordeonista Zé do Fole, em lugar de Rosinha, dando assim forma definitiva ao trio "Os Maracanãs", percorrendo por conseguinte todo o Brasil, e algumas cidades da América do Sul, com sua Companhia Teatral Maracanã. Além de escritor, atuava também como ator de destaque em todas as suas criações teatrais, e sua Companhia Teatral acabou por receber inúmeros prêmios e troféus, tornando-se assim conhecidos dentro do universo da música sertaneja como “Os Reis do Teatro”. 
Após o encerramento das atividades com sua Companhia Teatral, por volta de 1975, passa então a se dedicar com maior afinco à composição.
Gravaram cerca de 40 LPs e diversos discos em 78 rotações. A maior parte das gravações do trio eram composições dos irmãos José Fortuna e Pitangueira.
Entre seus grandes sucessos destacamos Paineira Velha, O Selo de Sangue, Lenda da Valsa dos Noivos, Voz de Criança, Crime de Amor, Punhal da Vingança, Lembrança, Esteio de Aroeira, Retalhos de Amor, Casinha de Ouro, entre outros.
José Fortuna faleceu em São Paulo, no dia 10 de novembro de 1983, vítima de doença de Chagas. 
Pitangueira faleceu na manhã de 11 de janeiro de 2013 em São Paulo.

Texto - Sandra Cristina Peripato
www.recantocaipira.com.br
Voltar

Tenha você também a sua rádio